Câmara homenageia Dia da Consciência Negra


Com a animação do Samba de Roda do Grupo Conviver, foi iniciada a Sessão Especial em Homenagem ao Dia da Consciência Negra, realizada na manhã desta terça-feira (20/11), no auditório da Casa do Trabalhado. Presidida pela vereadora Luiza Maia, estavam presentes o Prefeito Luiz Caetano, o Deputado Bira Coroa, vereadores, secretários, movimentos negros, autoridades religiosas e munícipes que lotaram o auditório.

Entre os palestrantes convidados, estava o Professor Samuel Vida, que fez um resumo histórico de descriminação e desigualdade racial, sofrida pelos negros desde a época da escravidão, além de ratificar a consolidação dos movimentos negros para que: “Camaçari seja um exemplo para toda Bahia, colocando o povo negro como protagonista de sua história”, explana o professor.

Os demais palestrantes, como a professora Magali, o coordenador da COOPIR – Coordenação de Promoção da Igualdade Racial – João Borges, Presidente da Associação do 2 de Julho Iaraci Dias, a militante Ivonete Reis, além de representantes de entidades negras, abordaram temas como luta contra o preconceito racial, debates sobre a inserção de mulheres negras no mercado de trabalho, direitos a cotas, entre outros.

A Presidente da Câmara Luiza Maia salientou a importância de debater exaustivamente a questão racial, para que o preconceito seja instinto não só no Município como em todo Estado. “Devemos nos unir e combater o racismo, para que possa haver democracia na Bahia”. Afirma a Presidente.

Segundo o IBGE, Camaçari tem cerca de 220 mil habitantes, sendo que 85% dessa população é formada por negros e afrodescendentes, que na sua maioria participam de entidades ou movimentos negros que lutam por ações que promovam políticas públicas voltadas pela a inserção do negro em todos os setores (político, econômico, social, educacional, etc).

Ivani Gonçalves

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*