Luiza Maia alerta que Temer tenta negar direitos dos índios

A presidente da Comissão dos Direitos da Mulher do legislativo baiano, deputada Luiza Maia (PT), prestou solidariedade à comunidade indígena que acampou durante três dias, essa semana, no jardim da Assembleia Legislativa da Bahia. Para a parlamentar, é preciso unir forças contra o retrocesso golpista que pretende atacar as demarcações de terras indígenas no Brasil.

Índios de 22 etnias do estado estiveram presentes no acampamento. | Foto: Renan Xavier

“Esse semana, 600 índios de toda Bahia acamparam na Alba para sensibilizar nossos pares sobre a garantia de todos os direitos desses povos tradicionais. O presidente ilegítimo, Temer, quer golpear não apenas os trabalhadores e aposentados, mas todos que historicamente tiveram suas conquistas asseguradas nos governos Lula e Dilma”, disse.

 

*Edição/Texto: Freitas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*