Luiza Maia: ‘Nova maldade de Temer é atacar as universidades públicas brasileiras’

Para a parlamentar, o objetivo do governo golpista é de privatizá-las…

No plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta terça-feira (12), a deputada Luiza Maia (PT) denunciou mais um golpe em curso, protagonizado pelo governo de Temer: o ataque orquestrado às universidades públicas do país. De acordo com a parlamentar, em menos de um ano, quatro das maiores universidades federais do Brasil – UFMG, UFRGS, UFSC e UFPR -, sofreram impactantes e midiáticas operações policiais, todas sem provas que as legitimassem.

Foto: Cadu Freitas

“Não temos dúvidas de que o golpe que derrubou a presidenta Dilma continua em curso, devastando as conquistas sociais e os bens públicos. Renomados acadêmicos desse país estão alertando o que Temer e seus aliados querem fazer com as universidades públicas gratuitas: estão ouvindo o apelo do Banco Mundial para privatizá-las”, disse a petista.

Para Luiza Maia, o Brasil vive o maior ataque às instituições públicas da história. “O presidente golpista tem uma Polícia Federal subserviente, que seu novo diretor não esconde a ligação política com Temer, e está à serviço desta investida cruel para destruir quem produz o conhecimento científico nacional”, disparou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*