Luiza repudia apresentador Huck

A ação do apresentador Luciano Huck, que convidou as brasileiras para encontrar um “gringo” durante Copa, foi criticada no plenário da Alba pela deputada Luiza Maia, defensora dos direitos das mulheres. “O que ele (Huck) fez, foi incentivar o turismo sexual, justamente nesse período em que desenvolvemos campanhas de conscientização para alertar jovens, principalmente das periferias, sobre o perigo desse crime, muitas vezes invisível. Além disso, esse tipo de campanha ajuda a banalizar a prática do tráfico de pessoas, pois sabemos que mais de 70% das mulheres traficadas são para exploração sexual. A Globo mais uma vez tenta desconstruir todo trabalho feito pelo governo Dilma no combate às diversas formas de violência contra a mulher”, diz.

De acordo com a deputada, o apresentador cometeu crim, previsto no artigo 227 do Código Penal: “induzir alguém a satisfazer a lascívia de outrem”. Para Maia, o Ministério das Comunicações deve tomar providências. “Televisão é concessão pública. Um programa não pode ser usado para agredir e nem desmoralizar a imagem das mulheres. É um total desrespeito”, declarou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*