Moção de pesar: Luiza Maia lamenta morte de Marcinho do MST

A deputada Luiza Maia (PT) apresentou moção de pesar na Assembleia Legislativa da Bahia pela morte de Márcio Matos, líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Marcinho do MST, como era conhecido, foi assassinado na noite de quarta-feira (24), em Iramaia, município da Chapada Diamantina.

Marcinho do MST. | Foto: Reprodução

“Uma tragédia, uma barbaridade. Marcinho foi assassinado em frente ao filho. Estou muito triste. Mas tenho certeza que este crime não ficará impune, que os envolvidos serão presos. O que nos resta agora é ficar com a saudade e se solidarizar com a dor dos familiares”, disse.

A parlamentar destacou ainda o exemplo que o líder do MST deixa para aqueles que lutam por igualdade e reparação social: “Ele já foi dirigente nacional e um dos principais nomes deste importante movimento social aqui na Bahia. Sua combativa história de resistência será sempre lembrada”.

 

*Edição/Texto: Freitas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*