Projeto de Luiza Maia torna Olodum patrimônio imaterial da Bahia

O grupo cultural Olodum comemora 38 anos de fundação nesta terça-feira (25) e um dos presentes à entidade tramita na Assembleia Legislativa da Bahia: o Projeto de Lei 22.249/2017, de autoria da deputada Luiza Maia (PT), que reconhece o Olodum como patrimônio cultural e imaterial do Estado da Bahia.

Foto: Ascom

“O Olodum é um verdadeiro memorial da cultura viva para os baianos e merece todos os reconhecimentos e homenagens. Tenho profunda admiração e respeito pelos trabalhos que eles desenvolvem, não só a área artística, mas também no social”, destacou.

A parlamentar disse ainda que o Olodum deve servir de exemplo, seja na valorização cultural e identitária da Bahia ou no combate à discriminação racial. Ela apresentou ainda uma Moção de Congratulações pelo aniversário da entidade.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*