‘Um ano sem progresso ou ordem, só golpe’, diz Luiza Maia

“Não há democracia, progresso, nem ordem, é só golpe. Hoje é o dia da vergonha”! A deputada Luiza Maia (PT), presidente da Comissão da Mulher da Assembleia Legislativa, criticou mais uma vez a conspiração de instituições que culminaram no golpe antidemocrático contra a presidenta Dilma Rousseff, fato que completa um ano nesta segunda-feira (17).

“Estamos vivendo um verdadeiro caos em nosso Brasil. Assistimos a atividade política sendo arrasada e a grande mídia, parte do Judiciário e da Polícia Federal tentando governar o país, acobertando as atrocidades que Temer vem cometendo”, disparou a parlamentar.

Luiza Maia disse ainda que a única forma de barrar essa onda de retrocesso é o povo ir às ruas protestar: “Temos que parar tudo. Por isso, a importância da Greve Geral do dia 28 de abril. Todos os trabalhadores, todo povo de bem precisa aderir, senão seremos massacrados”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*