A direita tenta dar golpe a cada 24 horas neste país

No comício de Dilma Rousseff (PT) e Tarso Genro (PT), realizado na noite de ontem (29), no Ginásio do Gigantinho, em Porto Alegre (RS), o presidente Lula saudou a militância entusiasmada, de pelo menos 10 mil pessoas, lembrando que a campanha eleitoral está apenas no começo e é um luta sem trégua.

Lula lembrou que, mesmo após vencer as eleições de 2002 e 2006, os adversários continuaram em campanha para derrubá-lo, e foi o apoio e a mobilização popular, que sempre garantiu sua sustentação política:

“A esquerda pensa que sabe fazer barulho. Mas foi no governo que nós aprendemos que se a esquerda faz oposição a direita tenta dar golpe a cada 24 horas neste país. Foram oito anos de provocações, de ataques, de infâmias. Essa elite brasileira que faz política às vezes de forma sórdida, não aquela que trabalha, ela agüentou o Getúlio Vargas governando esta país por 15 anos com autoritarismo, mas em quatro anos de democracia essa elite levou Getúlio a dar um tiro no coração. Mandei dizer a essa direita: Vocês mataram Getúlio, obrigaram João Goulart a renunciar, mas se vocês quiserem me enfrentar eu não estarei no meu gabinete lendo os jornais de vocês, estarei na rua conversando com o povo brasileiro”.

Lula disse também que os adversários estão tentando impedi-lo de fazer campanha para Dilma na TV: “Vocês sabem que os meus adversários estão fazendo tudo para impedir que eu apareça na TV apoiando o Tarso e a Dilma. Tem adversário que fala, ‘o Lula é tão bonzinho que não deveria se meter nas eleições, ele é presidente e tem que ser o magistrado’. Quando eles estavam tentando me derrubar não me achavam magistrado”.

O presidente afirmou ainda que é hora de eleger Dilma: "Esse país não pode ser governado apenas com a sabedoria da cabeça. Tem que misturar a sabedoria com a sensibilidade do coração. E ninguém tem mais sensibilidade do que uma mãe."

 

 

PT Brasil

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*