AL-BA: deputada faz apelo para que comissão volte a funcionar

“Estamos assistindo a uma verdadeira privatização dos processos eleitorais. Quem não tem dinheiro, está cada vez mais longe de conquistar assentos no Legislativo e Executivo. Isso alija os movimentos sociais e alguns legítimos representantes populares das disputas”, pontuou. Ela destacou ainda que o financiamento público é uma das boas alternativas que podem ser adotadas.
          
Criado ano passado com o objetivo de elaborar propostas que possam contribuir no debate sobre a reforma política, o colegiado deixou de promover suas reuniões ordinárias há meses. A comissão tem como presidente e vice, respectivamente, os deputados Reinaldo Braga (PR) e a própria Luiza Maia (PT). Os demais membros são Euclides Fernandes (PDT), Fabrício Falcão (PCdoB), Mario Negromonte Jr. (PP), Paulo Azi (DEM), Sidelvan Nóbrega (PRB) e Targino Machado (PSC). 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*