Alunos e professores protestam contra truculência de Serra na universidade

FOTO: Reprodução
FOTO: Reprodução

Estudantes, professores e funcionários das universidades públicas estaduais de São Paulo fizeram ontem (18/06) um grande ato de protesto contra a truculência do governador tucano José Serra nos episódios envolvendo a invasão da USP, na semana passada, pela Tropa de Choque da Polícia Militar.

Os manifestantes partiram do vão do Masp (Museu de Arte de São Paulo) por volta de 13h40. Professores da USP levaram 3.000 flores para a avenida Paulista, em protesto que pede a democratização da universidade. As gérberas amarelas, laranjas e vermelhas foram distribuídas para os manifestantes, que saíram em passeata até o Largo de São Francisco, no Centro da cidade.

“Elas representam a rejeição da violência do campus. Representam a paz. Queremos diálogo e não a violência”, explica a docente do curso de Letras Roberta Barni e integrante da Adusp (Associação dos Docentes da USP).

Os organizadores do evento do Fórum das Seis, entidade que congrega professores e funcionários da USP, da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e da Unicamp (Unicamp Estadual de Campinas), estimam que mais de 3 mil manifestantes compareceram ao protesto.

Site do PT

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*