Bancada do PT apoia proposta para fim do voto secreto na Assembleia

A bancada do PT na Assembleia Legislativa reafirmou, em seminário de iniciativa da deputada Luiza Maia (PT), o compromisso de lutar pela aprovação da PEC, que tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a favor do voto aberto na Casa. Em nome da Bancada, o líder do PT, deputado Yulo Oiticica, declarou que o voto aberto é “uma exigência da democracia contemporânea” e que “o voto secreto serve para proteger as irregularidades dos deputados e o seu poder de barganha, além de ser um desserviço à sociedade democrática”. “Nós da Bancada do PT sempre discutimos, internamente, por um voto comum e sempre que não há consenso liberamos a nossa bancada. Hoje, somos 14 deputados e como o voto aberto é rotineiro entre nós, estender essa prática ao plenário é favorável. O voto secreto nos parlamentos é aceitável em tempos autoritários, onde a tortura e o assassinato são utilizados para calar as vozes e consciências”, afirmou o líder

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*