Bancada Feminina da Assembleia será inaugurada nesta quarta (16/04)

Na ocasião, também será feita a eleição para a escolha da coordenadora do grupo. O nome mais cotado é o da petista Fátima Nunes, que possui o apoio – já declarado – da correligionária Luiza Maia, presidente da Comissão de Direitos da Mulher da Casa e autora da Lei Antibaixaria.

Cada parlamentar vai disponibilizar espontaneamente uma assessora para acompanhar o trabalho cotidiano da Bancada. Portanto, não serão criados novos cargos nem despesas adicionais para os cofres do Poder Legislativo.

Para Luiza Maia, o fortalecimento do colegiado acontece em um momento favorável. “Embora ainda não seja o ideal, temos a maior bancada de mulheres da história da instituição. Além disso, existe – desde o início da legislatura – uma atuação suprapartidária da nossa parte que é muito interessante. Prova disso foi a unidade que tivemos durante a tramitação do Projeto Antibaixaria”, disse.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*