Bolsa Família: Governo inclui mais 500 mil família no programa

FOTO: Reprodução
FOTO: Reprodução

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome vai apresentar nesta segunda-feira (19) a terceira expansão – deste ano – do programa Bolsa Família. Serão incluídas mais 500 mil famílias no programa, que chegará a um total de 12,4 milhões de famílias beneficiadas.

O objetivo da expansão é garantir às famílias de baixa renda auxílio à educação e à saúde. A primeira etapa de expansão do Bolsa Família aconteceu em maio e incluiu 300 mil famílias. A segunda, em agosto, aumentou estendeu o benefício a mais 500 mil famílias. Os valores concedidos variam de R$ 22 a R$ 200.

A expansão do programa é resultado de estudos do ministério sobre a faixa de renda da maioria dos brasileiros. O MDS corrigiu a faixa de entrada usada como critério para inclusão no programa. O valor passa de R$ 120, para R$ 140 reais para famílias com até três crianças.

Segundo dados do Cedeplar e da Universidade Federal de Minas Gerias, o Bolsa Família tem obtido resultados consideráveis na melhoria de condições de vida dos beneficiário, comparados aos não- beneficiários.

Na educação, por exemplo, dos beneficiários entre 7 e 14 anos a taxa de freqüência escolar é 3,6% acima da taxa comparada aos não- beneficiários. O índice de abandono escolar também caiu.

O índice de pessoas trabalhando é de 77%, contra 73% dos não- beneficiários. A pesquisa ainda informa que 95% dos participantes do programa não abandonam o emprego por terem acesso ao benefício.

O programa ainda foi responsável por 17% da queda na desigualdade social, já que de 2003 à 2008, a redução da pobreza foi de 43%. Pelo menos 19,4 milhões de pessoas superaram a condição de pobreza no período e só na região de Minas, o risco de desnutrição infantil caiu 30%.

PT Brasil

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*