Camaçari: Maurício de Tude agride Luiza Maia e ganha repúdio de vereadores

Dezenas de mulheres foram ao plenário da Casa de Leis protestar contra a ato preconceituoso de Mauricio. A agressão revoltou parte significativa da população feminina, que desencadeou uma série de ações em todo o município para não deixar barato a atitude machista e sexista do postulante do PTN ao executivo.

Um dos momentos mais tensos da sessão desta terça foi quando o vereador e candidato a vice-prefeito da coligação oposicionista “Unidos por Camaçari”, Cleber Alves (PRTB), que presidia a sessão, impediu que a deputada respondesse aos únicos dois vereadores contrários à moção.

Depois de deixar o plenário carregada pelos manifestantes, Luiza Maia declarou que não se calará diante das agressões sofridas. “Tivemos uma vitória hoje com a aprovação da moção. Mas vamos continuar protestando contra essa atitude machista e desrespeitosa. Se ele fez isso comigo, que sou uma representante legítima do povo, o que não faria com as trabalhadoras e mães de família?”, indagou.

A atitude de Maurício Bacelar também gerou uma moção de repúdio na Assembleia Legislativa da Bahia, apresentada na tarde de ontem pela parlamentar Maria Del Carmem. A senadora Lídice da Mata, que esteve em Camaçari, emitiu opinião sobre o assunto.
 

Link da opinião de Lídice sobre o assunto: http://www.youtube.com/watch?v=hf2_aBdFaGI&list=PLQtvbtgWIyvjWcdgLY_T5elfdFQhtlcr

Ouça aqui o áudio

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*