Campanha Brasil sem Miséria em nova fase na internet, no rádio e na TV

Com esse enunciado começa o texto do portal Brasil sem Miséria que busca passar informação sobre o Plano de Erradicação da Extrema Pobreza — Brasil sem Miséria. O plano, lançado especialmente pela presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, parte do estudo do IBGE que apontou 16,267 milhões de cidadãos vivendo na linha da pobreza. Para chegar a este universo, o instituto tomou como ponto de corte pessoas com renda mensal de até R$ 70.

Agora, a situação deve ser totalmente mudada. O plano prevê investimentos de R$ 20 bilhões a cada ano e medidas consistentes, eficientes e sustentáveis ao longo dos próximos quatro anos. Para isso conta com ações imediatas, a exemplo da transferência de renda, e ações que demandam mais tempo para operacionalização, como as medidas de inclusão produtiva. O objetivo é garantir que as pessoas mudem de patamar não só de renda, mas de bem-estar, ao longo dos próximos anos, por meio da melhoria da renda, acesso a serviços públicos nas áreas de educação, saúde, assistência social, saneamento e energia elétrica, e da inclusão produtiva.

Com esse objetivo, o Brasil Sem Miséria vai localizar as famílias extremamente pobres e incluí-las de forma integrada nos mais diversos programas de acordo com as suas necessidades, para que elas tenham acesso às oportunidades geradas pelo forte crescimento econômico brasileiro. Na estratégia da busca ativa, as equipes de profissionais farão uma procura minuciosa na sua área de atuação com o intuito de localizar, cadastrar e incluir nos programas as famílias em situação de pobreza extrema. Também vão identificar os serviços existentes e a necessidade de criar novas ações para que essa população possa acessar os seus direitos.

Mutirões, campanhas, palestras, atividades socioeducativas, visitas domiciliares e cruzamentos de bases cadastrais serão utilizados neste trabalho. A qualificação dos gestores públicos no atendimento à população extremamente pobre faz parte da estratégia.

E para chegar mais perto dessa população e chamar a atenção da sociedade acerca da questão de combate à pobreza, nesta semana o governo divulgou um vídeo institucional de 30 segundos que inaugura uma nova etapa da mobilização. “O Brasil já provou que, reduzindo a pobreza, todo o país cresce. Já pensou quando acabarmos de vez com a miséria?”, provoca a campanha.

 

www.pt.org.br/

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*