Campanha pelo fim da violência contra mulher foi debatida em sessão


O direito feminino de foi tema da sessão especial de hoje (09/12), que homenageou a campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher. O debate baseado na Lei Maria da Penha, abordou temas como Direitos Humanos, Gênero e a Constituição Federal.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Juliana Maia, explicou sobre a importância de conhecer as mais variadas formas de agressão à classe feminina. “Devemos combater não só a violência física, mas também, a simbólica, que é exercida pela mídia”, argumentou.

Fruto de uma luta protagonizada pela vereadora Luiza Maia (PT), em parceria com as mulheres de Camaçari, a Deam (Delegacia Especial de Atendimento a Mulher) é uma realidade no Município. “Antes a violência era silenciosa, hoje com a Deam, temos uma demanda maior que a esperada, o que significa, que as mulheres estão cientes dos seus direitos”, afirmou a delegada titular da Deam, Janaina Dore.

A presidente da Casa, vereadora Luiza Maia encerrou as atividades do dia com uma visita às obras do Centro de Referência a Mulher Iolanda Pires, que já estão em fase de conclusão. Acompanhou a Presidente a vice-prefeita, Tereza Ginffoni, a delegada, Janaína Dore, a secretária da mulher, Aurenita Castilho e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Juliana Maia.

*Ascom Câmara

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*