CIDADE LEGAL: Projeto cadastra ambulantes do Centro

De acordo com o coordenador de Licenciamento e Fiscalização de Atividades, Gutemberg Miranda, os ambulantes estão sendo convidados gradualmente para efetuarem o cadastro, no intuito de evitar filas ou qualquer outro transtorno.

Após o cadastramento, os ambulantes passarão por entrevista com uma assistente social, a fim de identificar o perfil social que a família do comerciante está inserida. “A partir do cadastro, os ambulantes serão encaminhados para áreas adequadas para o tipo de atividade que exerce”, explica o coordenador.

O projeto Cidade Legal tem como objetivo reordenar o comércio informal no Centro do Município, a fim de permitir o trânsito livre de pedestres e realocar os vendedores para locais apropriados.    

 

Autor: Anami Brito | ASCOM PMC

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


CIDADE LEGAL: Projeto cadastra ambulantes do Centro

De acordo com o coordenador de Licenciamento e Fiscalização de Atividades, Gutemberg Miranda, os ambulantes estão sendo convidados gradualmente para efetuarem o cadastro, no intuito de evitar filas ou qualquer outro transtorno.

Após o cadastramento, os ambulantes passarão por entrevista com uma assistente social, a fim de identificar o perfil social que a família do comerciante está inserida. “A partir do cadastro, os ambulantes serão encaminhados para áreas adequadas para o tipo de atividade que exerce”, explica o coordenador.

O projeto Cidade Legal tem como objetivo reordenar o comércio informal no Centro do Município, a fim de permitir o trânsito livre de pedestres e realocar os vendedores para locais apropriados.    

 

Autor: Anami Brito | ASCOM PMC

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*