Dilma: É absurdo achar que o trem-bala não precisa ser construído

A presidente eleita Dilma Rousseff classificou nesta quarta-feira (3) de absurdo o argumento de que o trem-bala ou de alta velocidade não precisa ser construído no Brasil.

Segundo ela, trata-se de um investimento financiado pelo setor privado e que não concorre com os recursos públicos. O projeto de construção do trem-bala prevê a ligação dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

O investimento previsto é de R$ 34,6 bilhões, por conta da iniciativa privada, mas com financiamento de R$ 20 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

Agência Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*