Dilma vai manter mínimo fixado por Lula em R$ 540, diz ministra

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que o governo da presidente Dilma Rousseff pretende manter o salário mínimo em R$ 540, valor fixado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“A gente sempre pode discutir, mas a decisão está tomada de que o salário mínimo seja de R$ 540”, disse ela ao assumir o cargo.

O aumento de R$ 30 em relação ao valor anterior de R$ 510 foi estabelecido por medida provisória em 30 de dezembro.

O novo governo será pressionado por parlamentares a aumentar o salário. A oposição chegou a prometer um mínimo de R$ 600 durante as eleições.

O líder do PDT e presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, prometeu “encher os corredores da Câmara” para pressionar os deputados a reverem o valor estabelecido pela MP. As contrais sindicais defendem um mínimo de R$ 580.

O novo salário será adotado ainda em janeiro.

 

Agência Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*