Gilberto Gil tá com Pelegrino incondicionalmente

Gil gravou depoimento a Pelegrino para TV e rádio, além de assinar manifesto dos intelectuais e artistas em apoio à candidatura petista na capital baiana. Em São Paulo, o compositor foi convidado para ser anfitrião de evento Haddad ao lado de nomes como o filósofo Mario Sergio Cortella, o diretor teatral Zé Celso Martinez e o rapper Mano Brown.

Já a campanha de ACM Neto (DEM) – que começou a tentar capitalizar uma sutil declaração de apoio do cantor e compositor Caetano Veloso à sua candidatura – optou pelo silêncio constrangedor após condicionante imposta pelo filho de Dona Canô.

“Para ter um voto meu, ele precisaria declarar que o aeroporto de Salvador deve retirar o nome do seu tio. Detesto que ele se chame Aeroporto Luís Eduardo Magalhães”, afirmou Cae, invocando o retorno do nome Dois de Julho ao terminal.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*