Luiza Maia critica postura da presidenta Dilma

 


De acordo com Luiza, "a única coisa que ainda pode ser feita pela comunidade é acampar na porta do Palácio do Planalto" para expor a presidenta Dilma os detalhes dos diversos tipos de violência praticados pela Marinha contra a comunidade quilombola, que já vive no local há mais de 200 anos.

Antes de finalizar, a deputada se comprometeu a participar não só da caravana para Brasília, mas de todas as ações voltadas para garantir o direito à cidadania e a dignidade dos moradores do Quilombo Rio dos Macacos. "É violência em cima de violência, maus tratos em cima de maus tratos… Vamos assumir essa luta, somos todos Quilombo Rio dos Macacos", reforçou.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Luiza Maia critica postura da presidenta Dilma

 


De acordo com Luiza, "a única coisa que ainda pode ser feita pela comunidade é acampar na porta do Palácio do Planalto" para expor a presidenta Dilma os detalhes dos diversos tipos de violência praticados pela Marinha contra a comunidade quilombola, que já vive no local há mais de 200 anos.

Antes de finalizar, a deputada se comprometeu a participar não só da caravana para Brasília, mas de todas as ações voltadas para garantir o direito à cidadania e a dignidade dos moradores do Quilombo Rio dos Macacos. "É violência em cima de violência, maus tratos em cima de maus tratos… Vamos assumir essa luta, somos todos Quilombo Rio dos Macacos", reforçou.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*