Luiza Maia defende democratização da comunicação

A discussão sobre a principal bandeira política a ser defendida pelo PT até as eleições de 2014 gerou polêmica no Encontro Regional realizado em São Francisco do Conde, neste sábado (05): de um lado, os que querem defender os 10 anos de PT no Brasil, do outro a tendência da Reforma Política.

Apesar de fazer o contra-ponto, a deputada Luiza Maia voltou a defender a reforma política, como forma de garantir a maior participação das mulheres nos espaços de poder.

"Os dois debates são importantes e um não anula o outro, mas precisamos lutar pela reforma política. Hoje, só se elege nesse país quem tem dinheiro ou quem consegue articular apoios e, desse jeito, nós mulheres ficamos de fora. Precisamos acabar com o financiamento privado de campanha, para garantir a igualdade na disputa", declarou Luiza.

Ainda na opinião da deputada, outra forma de tornar a disputa política mais justa é democratizar a comunicação: "A comunicação no Brasil está concentrada nas mãos de cinco ou seis famílias capitalistas que não querem ver a continuidade desse projeto que está transformando a vida do povo, que tirou 40 milhões de pessoas da miséria absoluta. Eles ficam incutindo mentiras na cabeça das pessoas com o único intuito de manter o poder concentrado. Precisamos acabar com isso também", concluiu.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*