Luiza Maia diz que conselheiro está perseguindo Caetano

Segundo Luiza, os julgamentos de Paolo Marconi são sempre parciais. “Todos os documentos exigidos foram apresentados comprovando a regularidade da utilização do dinheiro da prefeitura de Camaçari, mas ele não considera e dá sempre os pareceres desfavoráveis”.

A deputada, que é mulher do ex-prefeito Caetano garante que não há negligência no sistema de controle interno da prefeitura e que essa perseguição vai ter troco. “Estamos entrando com ação na justiça contra o conselheiro. O que ele está fazendo compromete à imagem do TCM”. Para Luiza, as atitudes de Paolo são de “um típico carlista”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*