Lula recebe prêmio por ações para diminuir miséria

O presidente do governo autônomo da Catalunha, Artur Mas, anunciou que Luiz Inácio Lula da Silva foi o vencedor do 24º Prêmio Internacional Catalunha 2012. O prêmio é destinado a pessoas que tenham contribuído com o desenvolvimento de valores culturais, científicos ou humanos.

O anúncio do prêmio repercutiu no Congresso Nacional, em Brasília. O deputado federal Assis Carvalho (PT – PI) foi a tribuna da Câmara para parabenizar Lula. José Guimarães, deputado federal pelo PT do Ceará também ressaltou a importância do prêmio. “O Brasil hoje é exemplo para o mundo”, disse Guimarães.

Segundo o deputado cearense, o combate à miséria é uma bandeira que deve ser erguida por todos os governos. “Enfrentar o problema da miséria e da fome no mundo deveria ser foco de visão de qualquer governo, seja ele dos países ricos ou pobres”. José Guimarães destaca que as ações do governo mudaram o perfil da população brasileira. “É uma política pública que o presidente Lula formulou e executou que tem dado enormes possibilidades para as pessoas que vivem na condição de pobres no nosso continente”.

Lula venceu por unanimidade uma eleição que contou com 177 nomes, de 57 países. Durante o anúncio do prêmio, Artur Mas destacou o caráter do ex-presidente brasileiro, “que o permitiu enfrentar, com criatividade e coragem, a pobreza e a desigualdade”. O catalão disse ainda que a escolha de Lula foi motivada pela luta que travou durante seus dois mandatos pelo crescimento econômico do Brasil e para “erradicar a pobreza e a miséria”.

O júri, presidido pelo escritor e filósofo Xavier Rubert de Ventós, elogiou a política adotada por Lula “a serviço de um crescimento econômico justo, que colocou seu país à frente da globalização e favoreceu uma divisão mais justa da riqueza e das oportunidades”.

O presidente catalão Artur Mas também leu uma carta de Lula na qual o ex-presidente declara sua “alegria e orgulho” pelo prêmio, “uma conquista que reforça a minha convicção na importância de se lutar por uma sociedade mais justa e democrática, sem fome e sem miséria”. Lula termina a mensagem dizendo que a decisão do júri “reforça a amizade e a solidariedade entre nossos povos”.

Fonte: Portal do PT

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*