Minha Casa, Minha Vida construirá dois milhões de moradias durante a 2ª etapa

 

O plenário da Câmara aprovou ontem (27) o parecer favorável do deputado André Vargas (PT-PR) à medida provisória (MP 514/10) que detalha as regras da segunda etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida, que prevê a construção ou reforma de dois milhões de moradias entre 2011 e 2014.

De acordo com o texto aprovado, entre 2011 e 2014 serão construídas ou reformadas habitações por todo Brasil. "O foco dessa relatoria foi concentrar nas famílias que recebem até três salários mínimos, que é quem mais precisa, e para essas famílias serão construídas mais de 1.200 milhão de moradias, das quais mais de 300 mil serão garantidas para famílias que moram em cidades menores de 50 mil habitanrtes. Além disso, vamos proibir a venda do imóvel e a priorização de famílias com pessoas deficientes ou que a chefe da casa seja a mulher" explicou André Vargas.

O caráter ambiental será outro ponto da MP 514, a ser privilegiado nessa etapa do programa, com o financiamento, pelo Governo Federal, para as pessoas que utilizam energia solar ou que façam aproveitamento de água. Segundo o deputado petista, essa é uma medida que beneficia as contas públicas.

"Muitas vezes as familias tem subsidio habitacional, mas o valor de água e luz é muito alta então essas medidas significam menos gastos em tarifas públicas e mais dinheiro no bolso das famílias mais pobres" afirmou o parlamentar. Agora a MP 524 passa para o Senado Federal, onde será analisada.

 

(Janary Damacena – Portal PT).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*