No Pará, Dilma conclama eleitores a usarem a memória para escolher o futuro do país

O povo paraense fez ontem (14) uma grande festa num dos maiores comícios da campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República. Milhares de pessoas lotaram a principal praça de Ananindeua, na região metropolitana de Belém.

A candidata petista conclamou os eleitores a darem sequência ao projeto do presidente Lula e alertou que eles devem usar a memória e comparar as vantagens no seu cotidiano desde que o PT assumiu o governo.

“Vocês têm boa memória, ninguém é esquecido, todo mundo lembra como o Brasil era. Todo mundo lembra quando as pessoas não tinham emprego. Eles [do PSDB] criaram uma categoria de gente, os ´inempregáveis´. A culpa, segundo eles, era do povo. Prestem atenção nas promessas, são promessas que eles nunca realizaram antes. Prestem atenção que nós aparecemos nessas eleições apresentando o que já fizemos”, discursou.

A petista lembrou aos eleitores paraenses dos tempos que o Fundo Monetário Internacional (FMI). “Vocês se lembram disso, do FMI, das imagens deles chegando no aeroporto e dizendo que não podia investir em estrada, em escola, que não podia aumentar o salário mínimo. Eles sempre foram contra os gastos sociais. Nós mostramos que o Brasil ia crescer tanto mais quanto mais investisse no trabalho do povo e na qualidade de vida da nossa população”, disse.

Por isso, segundo Dilma, é preciso manter o projeto do governo Lula nos próximos quatro anos, garantindo avanço do nordeste e dos mais pobres para que tenhamos uma sociedade mais justa. A petista pediu que até o dia 31 todos disputem voto a voto para que não aconteça um retrocesso no Brasil.

“Nós precisamos de hoje até dia 31 aquela luta diária nas escolas, no local de trabalho, com os amigos disputando voto a voto. Se Deus quiser no dia 31 nós chegaremos à vitória”, concluiu.

Ana Júlia

A candidata à reeleição pela coligação "Para o Pará Seguir Mudando", a governadora Ana Júlia Carepa, fez questão de deixar claro aos milhares de eleitores presentes ao comício que a disputa no Brasil e no Pará é entre dois projetos muito claros.

“Eles privatizam e nós fortalecemos as empresas públicas, tornando-as eficientes e fazendo distribuição de renda. Assim também é no Pará. São dois projetos, um que governou para a minoria, para os mais ricos, e outro que governa para todos e para os mais pobres.cEles nunca acreditaram na força do povo e nós mostramos para eles que a força do povo vale muito. E vamos mostrar agora para eles que a força do povo é a que vale”, discursou.

Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva também pediu aos eleitores que pensem bem antes de dar seu voto para evitar que as forças do atraso regressem ao comando do país e no Pará.

“O que eles querem é interromper a continuidade de um processo vitorioso, porque para eles esse negócio de pobre viajar de avião está lotando os aeroportos, esse negócio de pobre comprar carro piora o trânsito, esse negócio de pobre tomar café, almoçar e jantar é demais, esse negócio de filho de pobre na universidade tá errado porque antes era só deles”, salientou Lula a diferença entre o seu projeto e dos tucanos.

Ao final, o presidente pediu que os paraenses firmassem um compromisso com ele e que lhe dêem como presente de aniversário a vitória de Dilma no segundo turno. “Eu daqui 77 dias estarei deixando a presidência e eu quero que vocês assumam um compromisso comigo.

A gente não pode, em hipótese alguma, sofrer qualquer retrocesso nesse país. Não podemos sofrer qualquer atraso. Os trabalhadores rurais não podem voltar a ser humilhados como eram antes do nosso governo”, pediu. Lula disse que os adversários de Dilma têm se comportado como os “políticos Xuxa” ao fazerem promessas que não irão cumprir. “Agora, estão até mesmo prometendo aumento para os aposentados. Só por causa da campanha. Esse é o tipo de político Xuxa: na campanha beijo para cá, beijo para lá, e depois da eleição tchau, tchau”, discursou arrancando risos dos paraenses.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*