Pedágio da Estrada do Coco: povo derrotou sanha da CLN

         Para a deputada estadual Luiza Maia (PT), a não transferência da praça do pedágio da Estrada do Coco, situada nas imediações de Vila de Abrantes, para as margens do rio Joanes, limite entre os municípios de Camaçari e Lauro de Freitas, é um fato a ser comemorado. “É a vitória do povo, que se organizou, protestou e derrotou a sanha da CLN”, avalia.

 “Foram muitos meses de mobilização contra a proposta da Concessionária Litoral Norte, que queria, com a instalação das cabines de cobrança na cabeceira da ponte do rio Joanes, anular as vias alternativas abertas em 2006 pelo prefeito de Camaçari, Luiz Caetano”, explica a deputada, que é uma das fundadoras do Movimento Pedágio Livre.

 Ela conclui dizendo que se reuniu com o vice-governador e secretário de Infraestrutura do estado, Otto Alencar, na quarta-feira (16/02). Na ocasião, ele antecipou notícia da não transferência do pedágio, porém pediu que a informação, só foi revelada neste sábado (19/02), fosse mantida em sigilo por alguns dias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*