Pegada Ecológica se instala na cidade para produção de polpa de celulose

A empresa Pegada Ecológica Soluções Ambientais, com sede em São Bernardo do Campo (SP), vai se instalar em Camaçari, em janeiro do próximo ano. A empresa atua no ramo de reciclagem.

No Município, será produzida polpa de celulose para a indústria papeleira, telhas ecológicas, tapumes e divisórias a partir de embalagens longa vida.

De acordo com o engenheiro de Desenvolvimento da empresa, Roberto Buenas, a estimativa é de que no primeiro ano de funcionamento sejam gerados 50 empregos diretos. O engenheiro ainda calcula que em três anos, “a empresa tenha 300 funcionários”.

Segundo Roberto Buenas, Pegada Ecológica Soluções Ambientais escolheu se instalar em Camaçari devido a possibilidade de obter resíduos industriais das fábricas do Pólo Industrial. “Isso pode representar um significativo acréscimo em nossa fonte de matéria-prima”, disse.

A filial receberá resíduos de todo Nordeste e deve firmar parcerias com cooperativas locais. “Além de contratar mão-de-obra local, pretendemos adquirir o material de todas as empresas de reciclagem de Camaçari", informa o engenheiro.

A empresa funcionará na Via Atlântica, entre o aterro sanitário do Município e a Cetrel.

Social

Além de trabalhos ecológicos, a empresa Pegada Ecológica Soluções Ambientais também desenvolve trabalhos sociais. A organização firmou parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes) de Camaçari e doou para os idosos do Espaço Conviver material reciclado para confecção de esculturas que retratam elementos importantes da cultura e do folclore do Município.

 

Ascom PMC.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*