Petrobras projeta investimentos de R$ 88 bilhões, apesar da instabilidade internacional

Segundo Graça Foster, atualmente a Petrobras trabalha com o barril a US$ 119. O preço médio do barril em 2011 foi de US$ 111. Em 2010, foi de US$ 80.  A escalada da cotação do petróleo no mundo,  alertou a presidenta da Petrobras, pode provocar alta nos preços de combustível no Brasil. “Caso o preço do barril chegue ao patamar de US$ 130 este ano, como indicam algumas previsões, a Petrobras terá de repassar essa alta para a gasolina, porque é impossível que a gente não repasse para o preço futuros patamares, caso esse Brent cresça muito”.

A Petrobras, que fornece cerca  de 98% da gasolina consumida no Brasil, até o momento não repassou a alta do petróleo no combustível. “Garanto a vocês que o não repasse para o preço até este momento não tem minimizado a nossa capacidade de investimento. A conjuntura de preços internacionais não tem afetado a capacidade de investimento da Petrobras”, assegurou.

O líder do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto (SP), prestigiou o debate com a presidenta da Petrobras. “Graça Foster apresentou com muita eficiência e clareza os números e o plano de investimento da empresa. O que nos entusiasma a defender e acreditar cada vez mais nesta empresa que é o motor de desenvolvimento do País e o gerador de riquezas para a nação”, afirmou.

Os deputados Fernando Ferro (PT-PE) e Luiz Alberto (PT-BA) também destacaram que os números apresentados são animadores e mostram o papel da estatal no projeto de desenvolvimento do Brasil. “A guerra no Oriente Médio e a disputa por petróleo naquela região deve nos servir de alerta. Devemos estar em alerta e na defesa desse patrimônio nacional”, afirmou Ferro.

Etanol – Graça Foster defendeu o incremento da produção de etanol no País como uma solução para os altos preços e necessidade de importação de gasolina. “Etanol tem que chegar firme, tem que voltar a ser tudo o que ele foi, porque se tem uma coisa que a gente sabe fazer é etanol”, afirmou. Ela acrescentou que o momento de plenitude do etanol deve ser 2014, e defendeu que o índice de álcool na gasolina, que hoje é de 20%, volte a 25%.

Argentina – A presidenta da Petrobras afirmou que é seguro investir em petróleo no Brasil. “Não rasgaremos contratos, como acontece em outros países”, afirmou, sem fazer maiores comentário sobre a decisão da Argentina que no início deste mês suspendeu uma licença de exploração da Petrobras na província argentina de Neuquén. Graça Foster disse que a Petrobras quer continuar produzindo na Argentina e que a estatal tem buscado junto ao governo argentino  proteção aos ativos da empresa naquele país e suas operações nos ramos de exploração, produção e distribuição.

Também participaram dos debates os deputados petistas:  Benedita da Silva (RJ); Carlos Zarattini (SP); Edson Santos (RJ); Fernando Marroni  (RS); Vanderley Siraque (SP); e Weliton Prado (MG).

 

Fonte: Portal do PT na Câmara

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*