Prevenção da Mulher é destaque em sessão sobre Dia de combate a AIDS

Para reforçar a luta no Dia Nacional de Combate a AIDS, a Câmara Municipal de Camaçari realizou na tarde desta quinta-feira (1/12), sessão especial solicitada pela vereadora Luiza Maia (PT). Marcaram presença o presidente do Grupo Anti AIDS de Camaçari, Paulo César Costa, a coordenadora do programa municipal de DST/AIDS, Maria Luiza, além da Secretária de Promoção da Mulher e da Igualdade Racial, Aurenita Castilho.

Um dos principais assuntos discutidos foi o aumento do número de mulheres infectadas com o vírus HIV, já que dados do Ministério da Saúde revelam que quase metade das pessoas soropositivas no mundo é do sexo feminino. Maria Luiza informou que o uso da camisinha é a melhor forma de prevenção, mesmo para aquelas que possuem parceiro fixo.

Segundo Paulo Costa, o Grupo Anti AIDS completa oito anos de luta e entre suas metas está o fim da discriminação contra os portadores da doença. Em seu discurso, ele salientou que “é possível viver com o vírus HIV, mas é impossível viver com o preconceito”.

O vereador Marcelino (PT) propôs que a Câmara inclua a sessão sobre o Dia Nacional de Luta contra a AIDS no regimento interno, devido a importância do debate. O vereador Oto da Farmácia (PSDB), que também é relator da Comissão de Educação, Saúde e Assistência Social, colocou a Casa a disposição dos coordenadores para o que for necessário. Umas das solicitações em destaque é que a Câmara aprove a Lei que garante passe livre no transporte coletivo para os soropositivos.
 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*