Professores e alunos da Uneb se reúnem com deputada petista

Foto: Divulgação.Na ocasião, os docentes, em greve há quase 60 dias, apontaram a mudança na redação do decreto 12.583/11 – que estabelece o controle de gasto de pessoal e gestão de despesas referentes ao exercício de 2011 – como fator decisivo para a categoria retornar às salas de aulas.

Acampados desde ontem na Assembleia Legislativa, eles propõem que o novo texto especifique claramente que a área da educação não será afetada pelo decreto governamental, cujo teor, segundo afirmam, inviabiliza gratificações, investimentos em aperfeiçoamento profissional e contratação de professores substitutos. Com isso, argumentaram os educadores, as instituições de ensino superior terão asseguradas as suas plenas condições de funcionamento.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*