Quilombo: deputada avisa que vai convocar representantes da Marinha

Nesta segunda-feira (05/03), no plenário da AL-BA, a petista classificou a conduta da Marinha no caso como lamentável. A parlamentar informou também que a comunidade Rio dos Macacos é secular. “Registros históricos dão conta de que local é habitado pelos quilombolas há 100 anos, muito antes de a União reivindicar a propriedade da área”, disse.

Luiza Maia disse ainda que a Marinha trata os nativos de forma inadequada. “Não é com ameaças e guerra psicológica que a situação será resolvida. É injusto que as famílias que moram lá sejam tratadas dessa forma, vivendo praticamente em regime semiaberto, já que têm receio de sair e as casas serem derrubadas”, finalizou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*