Serviço amplia atendimento às mulheres e dependentes químicos

A Fundação Doutor Jesus inaugurou na manhã desta segunda (7) as novas instalações do espaço Yolanda Pires, destinado a tratamento de mulheres dependentes de substância químicas. A solenidade no município de Candeias, região metropolitana de Salvador, contou com a presença do governador Jaques Wagner e outras autoridades. "O embate contra as drogas só será eficaz se valores como família comunidade fizerem parte do tratamento, ou seja, se as famílias e as comundiades estiverem ao lado destes dependentes, ajudando na recuperação", enfatizou Wagenr.

 

Sobre a construção de uma passarela para pedestres na BR 324, trecho da comunidade Menino Jesus, em Candeias, o governador assegurou que "independetnte do consórcio para construção da passarela, o governo vai arcar com a execução da obra caso os tramites burocráticos não se concretizem".

O Instituto de Defesa dos Direitos Humanos Doutor Jesus, conhecido como Fundação Dr. Jesus, é uma entidade que acolhe dependentes químicos e moradores de rua, em regime de abrigo, para desenvolver atividades de reabilitação, promovendo a reinserção familiar e comunitária. A instituição tem convênio com o Estado desde 2007. Para garantir o cumprimento das metas de acolhimento e satisfação de necessidades básicas, capacitação profissional e eventos sócio-recreativos dos atendidos, o governo financia a contratação de uma equipe multiprofissional composta por dois assistentes sociais, duas psicólogas, uma pscoterapeuta, um professor de educação física, um diretor, três coordenadores de unidade, três auxiliares administrativos, 38 monitores, seis cozinheiras, seis auxiliares de cozinha, três subcoordenadores e dois motoristas. A ala feminina inaugurada abrigará 240 mulheres. Com esse novo espaço, a fundação atenderá mais de 700 pessoas, entre homens e mulheres.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*