Trabalhadora rural é a nova secretária da Juventude do PT


Os delegados do I Congresso Nacional da Juventude do PT elegeram neste domingo (25) a nova direção e o novo titular da Secretaria Nacional da Juventude, numa disputa bastante equilibrada, que contou com a participação de cerca de 800 filiados nos processos de votação. O resultado da disputa para o cargo de secretário da Juventude só saiu na madrugada de domingo para segunda-feira (26).

O I ConJPT elegeu como nova secretária a trabalhadora rural Severine Macedo, da chapa Construindo um Novo Brasil (CNB). Ela venceu Eduardo Valdoski, da Democracia Socialista, no segundo turno, por 402 votos contra 358, uma diferença de 44 votos, segundo o resultado oficial divulgado na manhã desta segunda-feira. Severini também é coordenadora da Juventude da Fetraf-Brasil (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar).

Duas chapas disputaram a eleição do novo coletivo nacional da Secretaria da Juventude, sendo que a chapa Socialistas obteve 399 votos, enquanto a chapa Construindo um Novo Brasil recebeu 397 votos. Apenas um voto nulo e um voto branco, num total de 798 votantes, foram registrados.

Todas as resoluções e decisões aprovadas pelo I ConJPT serão encaminhadas à Comissão Executiva Nacional e o Diretório Nacional do partidos que irão deliberar sobre as mesmas.

PRIMEIRO TURNO

No primeiro turno da votação para a eleição do novo secretário nacional, quatro candidaturas se apresentaram para a disputa do cargo de titular da Secretaria Nacional da Juventude: Eduardo Valdoski (Democracia Socialista), Gabriel Ribeiro (Movimento PT), Rodrigo César (Articulação de Esquerda) e Severine Macedo (Construindo um Novo Brasil). Severine recebeu 388 votos, enquanto Valdoski obteve 163, Rodrigo 150 e Gabriel 83 votos.Um total de 784 delegados participaram do primeiro turno. Como a soma da votação total dos três candidatos chegou a 396 contra os 388 votos dados a Severine, a disputa foi para o segundo turno, onde foi consolidada a vitória de Severine Macedo.

* Site oficial do PT

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*